sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Dicas para engravidar

Antes: Calculadora da ovulação

É sempre o homem que determina, com seu espermatozóide, o sexo do bebê. O óvulo é sempre portador de cromossomos X e o espermatozóide pode ser portador de cromossomos X ou Y. Se o óvulo for fecundado por um espermatozóide Y o bebê será um menino e se for fecundado por um espermatozóide X será uma menina.Para casais que querem escolher o sexo do bebê, existem alguns métodos naturais que podem ser aplicados, apesar de nenhum ser comprovado cientificamente. A probabilidade de acerto fica entre 30% a 70%:
Para ter menina
- Uma vez determinado o dia fértil, deve-se manter relações sexuais até dois dias antes da ovulação e não ter relações, até três dias após a mesma.
- A mulher deve ter o orgasmo depois do homem, caso contrário, as contrações e o muco mais eliminados auxiliam na locomoção dos espermatozóides, favorecendo os masculinos que são mais rápidos.
- A mulher deve comer mais durante seu período fértil, incluindo vinagre e pimenta nas comidas para aumentar a acidez, pois os espermatozóides femininos a suportam melhor que os masculinos.
- Duas horas antes da relação sexual, a mulher deve fazer uma ducha vaginal com água e vinagre branco, para ajudar a aumentar a acidez do local.
Para ter menino
- O casal deve manter relações sexuais no dia exato da ovulação.
- O orgasmo deve ser simultâneo (se possível) ou a mulher sentir o orgasmo pouco antes do homem, fazendo com que as contrações e o muco liberado auxiliem os espermatozóides em sua locomoção.
- A mulher deve comer pouco e evitar alimentos ácidos e apimentados, para não aumentar a acidez da vagina.
- Duas horas antes da relação sexual, a mulher deve fazer uma ducha vaginal com água e bicarbonato de sódio, deixando-a mais alcalina, facilitando a locomoção dos espermatozóides com cromossomos Y.
Boa sorte!
Fonte: http://www.ultrasom3d.com





Antes: Gêmeos
Os gêmeos se formam de duas maneiras. Os gêmeos idênticos e os gêmeos fraternos. Aqui vamos conhecer melhor cada tipo de gravidez múltipla:
Gêmeos Idênticos: Só um óvulo é produzido e fecundado, mas divide-se em dois. São mais raros que os gêmeos fraternos. São muito parecidos e sempre do mesmo sexo. A maioria fica em bolsas amnióticas separadas e quase sempre dividem a mesma placenta.
Gêmeos Fraternos: Dois ou mais óvulos são produzidos ao mesmo tempo e fecundados pelo esperma. Sua semelhança não é tão acentuada e 50% desse tipo de gestação são formadas por pares de menino e menina. Pode acontecer dos bebês serem do mesmo sexo. Ficam em duas bolsas amnióticas e duas placentas separadas. A maioria desenvolve-se de óvulos fecundados na mesma ocasião, mas às vezes o segundo óvulo é fecundado após dois dias. Mesmo assim, os dois bebês nascem com um intervalo de apenas alguns minutos.
É mais cansativa a gravidez múltipla e exige muito mais do organismo da mulher. Normalmente os gêmeos nascem dois ou três meses antes e são menores do que os outros bebês.
Gestações múltiplas são cada vez mais comuns, principalmente devido ao grande número de mulheres que não conseguem ter filhos e acabam recorrendo a tratamentos de infertilidade. Pelo método natural, apenas uma, em cada 80 gestantes, espera mais de um bebê. A estatística muda no caso das fertilizações assistidas: em cada quatro gestações, uma é múltipla.
Mulheres cujas mães tiveram gêmeos têm mais chances de ter também. A idade é outro fator que pode influenciar. Dos 35 aos 40 anos, aumenta a probabilidade de uma gestação gemelar.







Antes: Testes de gravidez
Todos os testes de gravidez procuram na urina ou no sangue por um hormônio especial que só aparece quando a mulher está grávida. Esse hormônio, gonadotrofina coriônica humana (hCG), também é conhecido como hormônio da gravidez. Listamos aqui os testes de gravidez:
Testes de farmácia: Os testes de farmácia estão cada vez mais seguros e a maioria tem um resultado 99% correto. Além da rapidez do resultado e da praticidade, são muito mais baratos que os testes em laboratório. A maioria deles utiliza uma fita que em contato com a urina por 5 minutos detecta a presença ou não do hormônio da gravidez. Pode ser feito já no 1º dia de atraso menstrual.
Exame de sangue: É o exame normalmente solicitado pelos médicos em casos de suspeita de gravidez. O processo é feito a partir da análise da taxa do hormônio HGC presente no sangue. Atualmente, há laboratórios que entregam o resultado no mesmo dia e a probabilidade de acerto é de 100%. Detectam a gravidez em torno de 6 a 8 dias da ovulação.
Ultra-som transvaginal: Na suspeita da gravidez ter mais de 5 semanas é costumeiro solicitar o exame de ultra som transvaginal para verificar se a gestação não está se desenvolvendo fora do útero.
Se o exame der positivo em qualquer um dos testes procure seu médico, o mais breve possível, para dar início ao pré-natal.





Antes: Dicas para engravidar
As relações devem ser feitas durante o período fértil e um dia sim e outro não. O período fértil da maioria das mulheres é entre o 11º e 14º dia do ciclo menstrual, lembrando que o primeiro dia da menstruação é contado como dia 1. Saiba qual será seu período fértil utilizando nossa calculadora de ovulação.
Deve-se evitar o uso de cremes vaginais durante o período fértil, pois isso dificulta a locomoção dos espermatozóides.
Se a mulher deixar seu marido muito excitado antes da relação, fará com que ele ejacule com maior intensidade, aumentando assim, o volume de esperma.
A mulher deve procurar não fazer limpeza vaginal e nem urinar logo após o ato sexual, pois isso diminui a quantidade de espermatozóides em sua vagina.
Após o ato sexual, a mulher deve ficar com as pernas elevadas por no mínimo meia hora. Isso fará com que os espermatozóides encontrem com maior facilidade o colo do útero, e consequentemente evita a perda de esperma pela vagina.
Coma melhor para poder engravidar. Cerca de 12% dos casos de infertilidade são resultado de mulheres que pesam muito ou pouco. Coma mais frutas frescas e hortaliças, que lhe darão, com menos calorias, os nutrientes que seu corpo necessita para engravidar. Elimine o álcool, que pode ter efeitos nocivos à concepção e ao feto. Os transtornos da alimentação, como anorexia, bulimia ou ingestão compulsiva podem prejudicar as probabilidades. As dietas muito rígidas ou excessivamente restritivas podem ser nocivas à fertilidade.
Melhore sua aptidão física. Há indícios de que o exercício moderado pode ajudar a engravidar, já que ajuda a reduzir a gordura corporal, que mantém uma clara conexão com os hormônios e a fertilidade. Cerca de 30% do estrogênio vem das células adiposas; logo, se há pouca gordura ou em excesso, pode-se alterar o equilíbrio hormonal, diminuindo as probabilidades de concepção. O exercício moderado e regular pode queimar o excesso de gordura, reforçando sua fertilidade, sua saúde cardíaca e seus níveis de energia. Se você não faz exercício regularmente, comece gradualmente para tentar fazer com que a atividade física torne-se parte de sua rotina diária. Depois, poderá adotar uma rotina de exercício regular. Trinta minutos ao dia, 4 ou 5 dias por semana, pode fazer uma diferença em seus níveis de gordura. Cuidado com os excessos, o exercício excessivamente vigoroso também pode afetar sua fertilidade. Os exercícios de baixo impacto são ideais, como caminhada.
As melhores posições sexuais. Para ficar grávida, os espermatozóides devem ser depositados o mais próximo possível do colo uterino da mulher. Há certas posições sexuais que podem ajudar. Os especialistas recomendam evitar sexo em posições contrárias à gravidade, já que diminui a probabilidade de os espermatozóides cheguarem ao colo do útero. Evite fazer sexo sentada, de pé ou por cima do homem. Uma posição ideal é a do homem por cima da mulher, porque ela permite que a penetração seja mais profunda. Outro modo de aumentar a exposição do colo aos espermatozóides, é manter relações deitados, um ao lado do outro. Há estudos que sugerem que o orgasmo feminino é importante, porque as contrações que o acompanham podem ajudar a levar os espermatozóides para mais perto do colo.
Essas são algumas dicar que aceleram o processo para engravidar, mas o mais importante é relaxar, curtir o momento e deixar a ansiedade de lado.





Antes: Testes de ovulação
Existem alguns métodos para identificar se você está ovulando. A seguir, você poderá entender o que é cada um deles.
Ultra-som transvaginal seqüencialO ultra-som transvaginal é capaz de visualizar com perfeição se a mulher vai ovular, quantos óvulos tem a possibilidade de serem expelidos e de que ovário (direito ou esquerdo) ele sairá. Normalmente, deve-se realizar este exame no dia 13, 14 e 15 do ciclo menstrual.
Teste de ovulação É um teste vendido em farmácias que detecta o aumento repentino do Hormônio Luteinizante (LH) na urina. Este processo funciona através de uma reação, confirmando ou não o resultado. O pico de LH, determina o início do processo de ovulação que se produzirá entre 24 a 36 horas depois. Este é o momento de maior fertilidade da mulher.É importante saber que este teste não deve ser usado como método contraceptivo, pois não é designado para prevenir ou ajudar na prevenção da gravidez.
Se preferir, utilize nossa calculadora de ovulação.

Sem comentários: